Gerenciamento de Projeto Corrente Crítica

Critical Chain Project Management ou CCPM

Visão Geral

O Gerenciamento de Projetos Corrente Crítica (CCPM) é considerado por vários especialistas o maior avanço na área de gerenciamento de projetos nos últimos 50 anos. Os resultados obtidos em inúmeras implementações bem sucedidas confirmam esta imagem.

O que é o CCPM?

O CCPM foi desenvolvido em 1997 pelo físico israelense Eliyahu M. Goldratt , autor do best seller “A Meta” e considerado uma das personalidades mais influentes na história da indústria, a partir dos conceitos fundamentais da Teoria das Restrições, uma metodologia de gerenciamento holístico que ele desenvolveu a partir dos anos 80. O CCPM é a aplicação desta metodologia no ambiente de projetos.
Assim como ocorreu no ambiente de produção, Goldratt apresentou ao mundo de forma simples e lógica o que há de errado com os paradigmas existentes no gerenciamento de projetos e os principais conceitos da sua solução através do livro “Corrente Critica”. E novamente resultados excepcionais foram obtidos com a sua implementação.

O que é novo e diferente no CCPM?
A tabela abaixo compara e contrasta os elementos do CCPM com as técnicas de gerenciamento tradicionais:

Paradigma Atual Método Tradicional

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE

Paradigma Atual

Método Tradicional

(Prática Comum)

Corrente Crítica

( CCPM )

Benefícios

Quanto mais segurança puder embutir, melhor.

Embute bastante segurança nas estimativas de duração das tarefas

Considera estimativas agressivas na duração das tarefas

Início das tarefas não é postergado, as "firulas" são eliminadas, a duração da tarefa é reduzida, maior visibilidade do que realmente toma tempo.

Para um projeto finalizar no prazo é necessário que todas as tarefas acabem no prazo

A segurança é  embutida em cada  tarefa do projeto

Segurança é agregada e protege o projeto como um todo

A segurança não é apoderada por tarefas ou pessoas mas compartilhada entre todos. Ela é preservada e usada de forma mais efetiva pelo projeto. O foco é colocado no que é mais importante para o cliente: entrega no ou antes do prazo

Para garantir um bom controle de execução do projeto  é necessário controlar o progresso de cada tarefa

Ênfase no controle do que foi executado em cada tarefa.

Status do projeto verificando o consumo da corrente crítica versus o consumo do pulmão do projeto.

Todos os integrantes do projeto tem uma visão global. O micro gerenciamente é evitado. O Gerente de projeto tem uma visão consistente durante todo o projeto. Os eventos (tarefas) que atrasam o projeto estão sempre em evidência e as pessoas focam nestas tarefas. Os problemas são identificados antecipadamente e desta forma resolvidos mais rapidamente.

Independentemente da situação, quanto antes iniciarmos uma tarefa, antes ela será finalizada.

Iniciar todas as tarefas do projeto o mais cedo possível

Iniciar as tarefas somente quando elas realmente devem iniciar.

A multi-tarefa nociva é reduzida significativamente e desta forma o projeto é finalizado mais rápidamente. Recursos críticos e limitados não são sobrecarregados com tarefas que não são críticas. O uso destes recursos é baseado nas prioridades e não no "primeiro que entra, primeiro que sai".

As pessoas devem se comprometer com as suas estimativas de prazo.

As estimativas fornecidas se tornam compromissos. Se espera que as tarefas iniciem e finalizem no prazo estipulado

As pessoas se comprometem a realizar as tarefas o mais rápido que puderem.

O projeto é gerenciado como uma corrida de revezamento. O bastão sempre está no máximo da velocidade.....As pessoas estão preparadas para começarem suas tarefas, devem realizá-la o mais rápido possível e passar para o recurso seguinte. Se você está "carregando o bastão" sua tarefa é monitorada de perto; todas as outras arefas tem uma prioridade menor e podem ser auto gerenciadas. As pessoas tem melhor foco, os projetos finalizam no ou antes do prazo e com menos despesas.

A forma de obter a máxima eficiência é garantir que o recurso esteja sempre ocupado.

Conflito de recursos é um "fato da vida".

Eliminar conflito de recurso

A multi-tarefa é eliminada desde o início. Todos os recursos críticos são identificados e desta forma os projetos adequadamente são devidamente escalonados.

Multi-tarefa é um "fato da vida"

Eliminar a multi-tarefa nociva

Com a eliminação da multi-tarefa os tempos do projetos reduzem em até 40%, a carga sobre as pessoas diminui signficativamente, a qualidade do trabalho melhora assim com o ambiente de trabalho.

Reprograme o projeto sempre que a realidade não corresponder ao planejado

Reagir às incertezas reprogramando as tarefas, recalculando o caminho crítico e mudando quase todas as prioridades

Reagir às incertezas monitorando o impacto da realidade no consumo dos pulmões.

Os planos dos projetos permanecem consistentes e a confusão diminui significativamente. O monitoramente é feito olhando para frente e não para trás. As atividades e recursos críticos que estão colocando o projeto em risco são claramente definidos. O impacto de um projeto nos outros projetos é minimizado, a organização como um todo tem uma visibilidade clara da situação dos projetos e como consequência o desempenho dos projetos melhora significativamente.


Quais são os resultados que se pode esperar com o CCPM?
Os benefícios que podem ser obtidos dependem do nível de desempenho atual da empresa, do desempenho da indústria e do tipo de negócio.

Uma pesquisa realizada em 2000 mostrou que os resultados típicos são:
• Desempenho de entrega acima de 95%
• Capacidade produtiva adicional revelada de 25 à 50%
• Redução dos prazos em 30% ou mais

Alguém já usou CCPM no meu ramo de negócio?
Nos últimos 12 anos o CCPM têm sido aplicado em inúmeros setores, sendo que a sua aplicação têm se destacado nos seguintes ramos de atividade:

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE

Aeroespacial

Siderúrgico

Automotivo

Construção Civil

Farmacêutica

Software

Militar

Consultoria

Seguros

Assistência Médica

Agrigultura

Eletrônicos

Alimentício

Engenharia

Governo

Telecomunicações

Marketing

Industrial

Como implementar o CCPM?

O CCPM é uma mudança maior no modo de operação das empresas e por esta razão a implementação deve ser precedida de um processo de análise do ambiente em questão, de uma capacitação de todas as pessoas envolvidas, finalizando com o consenso quanto aos objetivos a serem atingidos e à seqüência dos passos a serem implementados. O Grupo Templo / Vectis trabalha com soluções desenvolvidas ao longo de 30 anos em Teoria das Restrições e incorpora os avanços mais recentes avanços do grupo Goldratt neste campo.

Fonte: Guilherme Almeida - Grupo Templo / Vectis